Nova Zelândia é acusada de promover abortos de fetos com síndrome de Down

 Um grupo de pais denunciará na próxima semana que o Governo da Nova Zelândia perante o Tribunal Penal Internacional (TPI) por supostamente promover o aborto de fetos com síndrome de Down, revelou nesta quarta-feira a imprensa neozelandesa.

Os pais alegam que os testes subvencionados pelas autoridades para identificar os fetos com a doença têm o objectivo de fazer as mães abortarem, o que representa uma violação dos direitos das pessoas com síndrome de Down.

 “O TPI trata os casos de perseguição contra grupos identificáveis na sociedade, e acreditamos que este é o caso na Nova Zelândia”, assinalou ao canal de televisão “News 3” Mike Sullivan, um dos litigantes.

 Na sua opinião, o programa estatal “financia e promove a eliminação dos fetos quando se diagnostica a síndrome de Down”.

 O Ministério da Saúde neozelandês apontou que, embora o exame seja oferecidos a todas as grávidas, o seu objectivo não é fazê-las abortar, e acrescentou que os serviços de saúde oferecem o seu apoio às que decidem continuar a gravidez.

 Segundo dados oficiais, pelo menos 90% das mães abortam quando os seus fetos têm síndrome de Down.

 O TPI julga casos contra indivíduos e não contra Estados, mas este detalhe não desanimou os pais, que esperam que o caso chegue ao Tribunal internacional.

Fonte

Anúncios

Sobre nemge

O NEMGE é órgão da Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade de São Paulo. Visa aprofundar, através de pesquisa empírica e estudos teóricos, as articulações entre gênero, etnia e classe social, especialmente no Brasil e na América Latina.
Esse post foi publicado em Feminismo, Notícias, Política, Saúde e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s